A Diretora-Delegada, Teresa Albuquerque, e a Direção da Fundação da Casa de Mateus manifestam a sua profunda tristeza pela morte de Marie Leonhardt, neste sábado, dia 23 de Julho de 2022, aos 93 anos.

Marie Leonhardt, violinista suiça empenhada na interpretação historicamente informada do repertório barroco com recurso a instrumentos de época, assumiu em 1980 um papel decisivo na estruturação dos Cursos Internacionais de Música da Casa de Mateus, que dirigiu até 1992. Fundou, em 1985, o Ensemble Baroque de Mateus, agrupamento formado por músicos de todas as proveniências que, em 1991, conheceu a sua digressão de maior impacto entre Macau, Cantão e Xangai.

Personalidade ímpar, casou em 1954 com Gustav Leonhardt, com quem fundou no ano seguinte o Leonhardt-Consort. Integrou ainda o ensemble Musica Antiqua Amsterdam, de Ton Koopman, fundado em 1969.

Os seus talentos pedagógicos, a personalidade calorosa, a capacidade de superação e motivação, a profunda amizade para com a Casa de Mateus, mas sobretudo a forma como, entre os anos 80 e 90 do séc. XX, impulsionou o ensino e a prática da música antiga e barroca em Portugal, ficarão para sempre na memória partilhada da Fundação e de todos aqueles que beneficiaram diretamente do seu trabalho. Para ela, que nunca deixou de estar ligada à Casa de Mateus, a nossa infinita gratidão.