Nasceu em Goa, Índia, a 6 de Novembro de 1965. Em 1970, mudou-se com os pais e irmãos para a cidade da Guarda, vivendo no distrito da Guarda (Guarda e Sabugal) até 1984. Aí cumpriu a escolaridade básica e o ensino secundário. Foi para Lisboa em Setembro de 1984 para cursar Direito.

Em 1986, funda o Clube Português de Artes e Ideias.Em 1987, coordena a I Mostra Portuguesa de Artes e Ideias, a primeira iniciativa em Portugal a apresentar simultaneamente projetos no domínio das artes performativas, artes visuais, fotografia, design, arquitetura, video e literatura. A Mostra dá origem a uma série de concursos anuais que lidera: Novos Valores da Cultura (1988), Cultura e Desenvolvimento (1989 e 1990), Jovens Criadores (iniciados em 1990, que coordena até 2003 e que se continua a realizar).

Em 1992, cria o programa Paideia, arte nas escolas secundárias, que até 1997 percorre 180 estabelecimentos de ensino secundário de todo o País, envolvendo dezenas de milhares de estudantes.

Em 1994 dirige a 7ª edição da Bienal de Jovens Criadores da Europa e do Mediterrâneo, a maior iniciativa do género ocorrida em Portugal e em 1997 cria a Bienal de Jovens Criadores dos Países Lusófonos.

Em 1998 cria o Lugar Comum, Centro de Experimentação Artística, um espaço de 2000m2 dedicado a projetos e residências artísticas no domínio das artes performativas, das artes visuais, do video e dos projetos intermedia, na Fábrica da Pólvora de Barcarena, em Oeiras, que dirige até Janeiro de 2003. À data, o Lugar Comum era um dos maiores centros europeus na área da experimentação artística.

Em Janeiro de 2003 torna-se vereador da Câmara Municipal de Oeiras, com os pelouros da Cultura, da Juventude e da Defesa do Consumidor. Nesse período, também coordena o grupo de trabalho interministerial Educação-Cultura, do XV Governo Constitucional.

Em 2006 e até 2008, coordena o projeto Reinserção pela Arte, da Fundação Calouste Gulbenkian. Em Abril de 2008 é nomeado diretor-geral das artes do Ministério da Cultura (tendo sido confirmado depois da mudança de Governo), lugar que ocupa até Julho de 2010, data em que se demite, em divergência com a então ministra da Cultura.

Em Novembro de 2010 torna-se membro do Conselho do Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro.

Em Abril de 2011 começa a colaborar com o Programa Escolhas, do Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural (ACIDI) e em Setembro de 2011 torna-se professor auxiliar convidado do ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa, onde ensina Políticas Públicas da Cultura e Gestão das Indústrias Criativas.

Em Outubro de 2012 é convidado pelo Primeiro Ministro de Portugal para assumir a responsabilidade governativa de Secretário de Estado da Cultura, missão que exerceu até ao fim do mandato do XIX Governo Constitucional, em Outubro de 2015.

Regressou em 2016 ao ISCTE-IUL, para concluir a tese de doutoramento, lecionar, e dirigir o Programa Cultura, Desenvolvimento e Sociedade.

 

ver também:

Conferência | Debate «Cidade, Lugar Comum»

Lugar Comum | Oficina de Gestão Cultural

Apresentação | Alexandria