Helena Marinho tem realizado recitais e concertos de música de câmara nas principais salas e festivais portugueses, e também nos Estados Unidos, Brasil, Singapura, Itália, Inglaterra, França, Irlanda, Reino Unido, Espanha, Etiópia, Suécia e Noruega. A sua actividade divide-se entre projectos com piano moderno e pianoforte, tendo gravado vários CDs com repertório contemporâneo e clássico em ambos os instrumentos.

Concluiu o Curso Superior de Piano no Conservatório de Música do Porto na classe de Glória Esteves Moreira e foi aluna de Helena Sá e Costa. Paralelamente licenciou-se em Línguas e Literaturas Modernas na Universidade do Porto. Estudou com Sequeira Costa na Universidade do Kansas, nos Estados Unidos, onde obteve o Mestrado em Piano na qualidade de bolseira Fulbright, e na Academia Estatal de Música da Noruega, concluindo o Diploma de Concerto nas classes de Einar Steen-Nökleberg e Lazar Berman, como bolseira do Governo Norueguês. Estudou pianoforte com Malcolm Bilson, Ketil Haugsand e Jacques Ogg. Prosseguiu estudos de investigação do repertório da era clássica na Universidade de Sheffield, onde concluiu o doutoramento.

Helena Marinho é detentora do Prémio Gulbenkian do Conservatório de Música de Porto e dos primeiros prémios nos Concursos de Braga e da Covilhã. Para além de recitais a solo e de música de câmara no estrangeiro, tem também tocado nas principais salas de concerto portuguesas: Museu Gulbenkian, Teatro S. Luiz, Palácio Foz, ACARTE e CCB em Lisboa; Palácio de Queluz; Auditório Carlos Alberto, Teatro Helena Costa, Fundação Eng.º António de Almeida, Teatro S. João, Teatro do Campo Alegre, Casa da Música e Coliseu no Porto; em vários festivais (Festival da Costa Verde, Encontros Gulbenkian de Música Contemporânea, Encontros da Primavera, Festival de Aveiro, Festival Internacional de Gaia, Encontros do Alentejo de Música do Século XX/XXI, Festa da Música); e em duo com artistas como os cantores Oliveira Lopes, Paulo Ferreira e Rui Taveira, os contrabaixistas Michael Wolf, Gottfried Engels e Florian Pertzborn, o violoncelista Jaroslav Mikus, os violinistas Vadim Brodsky, Nuno Soares e Pedro Meireles, os flautistas Pedro Couto Soares, Jean Ferrandis, Luís Meireles, Massimo Mercelli, Felix Renggli e Jorge Correia, e os grupos de música contemporânea Khora Ensemble, Performa Ensemble e Oficina Musical. Enquanto elemento do Performa Ensemble e do Borealis Ensemble, este último com o flautista António Carrilho, tem apresentado projectos apoiados pela Direcção-Geral das Artes, que deram origem a gravações de CDs de música contemporânea para as editoras Numérica e mpmp, assim como a digressões internacionais.

Foi professora adjunta na Escola Superior de Música do Instituto Politécnico do Porto, e é presentemente professora auxiliar no Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro. Colabora regularmente com a Casa da Música, tanto na elaboração de notas de programa, como na apresentação de palestras e concertos comentados com a Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música.

Please follow and like us:
0