coordenação de José Luís Ferreira
13 de Março a 22 de Maio (quinzenal, às sextas-feiras, excepto 10 de Abril)
[13 de Março: 9h30 às 16h00 | restantes datas: 14h00 às 15h00]

A carregar Eventos

A Casa de Mateus, finalizada em 1744 e símbolo de uma permanência bastante mais antiga, é um sítio mágico. Uma máquina do tempo que nos permite viajar ao longo dos últimos quinhentos anos da História de Portugal, da Europa e do Mundo. Um ponto no universo onde confluem, vindos de muitas latitudes, pessoas, ideias, documentos, obras de arte que, juntos, constituem um espólio que partilhamos com quem nos visita.

 

Narrar o património implica tornar presentes todas as personagens, todas as histórias, todas as ideias que podemos observar ou intuir a partir da arquitectura, do mobiliário, da coleção, dos jardins, dos espaços produtivos… Significa, mais do que descrever, a capacidade de fazer reviver, de dar a viver.

 

Para além das personagens e das ações, das vidas, que intuímos em cada um dos espaços da Casa, outro dos elementos narrativos mais frutuosos está nas fissuras que podemos observar entre as diferentes camadas de tempos que se sobrepõem. Há o antes da Casa, há o momento genial da sua edificação e há todos os durantes de uma vida em família que toca quase todos os momentos importantes da História de Portugal e do mundo.

 

Em conjunto, vamos associar experiência e conhecimento para transformar a experiência de visita à Casa de Mateus uma aventura que se imprimirá na memória de todos os visitantes.

 

O projeto Lugar Comum tem como objetivo o desenvolvimento do capital humano da Fundação da Casa de Mateus através de uma visão integrada do seu papel, valores e oportunidades, e através do empoderamento das suas equipas através da aquisição de novos conhecimentos e metodologias, permitindo-lhes enfrentar as exigências da gestão contemporânea e os desafios de agilidade, qualidade e transparência que caracterizam uma organização do séc. XXI

 

mais informações: cultura@casademateus.pt