A carregar Eventos

 

O Futuro do Passado | The Future of the Past

Seminário de Arranque do projecto Lugar Comum

Mateus, 1 – 3 Jul.

 

 “Avvertimento: lo importante es como
se relaciona la importancia de las cosas” (*)

 

“Havia mais futuro no passado”(*)

 

O património de hoje é o resultado de mudanças sociais e económicas que, ao longo dos tempos, foram transformando a sociedade. O que consideramos passado foi outrora uma visão do futuro. Esta energia transformadora fica de certa forma cristalizada nos bens culturais, tanto na sua dimensão simbólica como material. Entender este fluxo pode ser a chave para encontrar respostas para desafios de hoje.

Lugar Comum” é um projeto de 18 meses de formação e investigação desenhado para a Fundação da Casa de Mateus, com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian, no âmbito do qual, a sua estrutura e equipa, serão questionados, visando novos modelos de gestão do património, turismo cultural e enologia. Começa em Julho de 2019 com um seminário internacional intitulado “O Futuro do Passado”, destinado a definir a base e a estrutura geral do projeto.

Com este Seminário, pretendemos lançar um primeiro passo para uma reinterpretação do capital simbólico da Casa de Mateus através de uma visão partilhada da Instituição e do seu lugar dentro da comunidade.

Na segunda-feira, 1 de Julho, às 18:00, inaugura a exposição Lugar Comum, com projeto e curadoria de Joaquim Moreno e Ivo Martins, que serve de mote à mesa redonda/debate Cidade | Lugar Comum, com a presença do Presidente da Câmara de Vila Real, Eng. Rui Santos, e um conjunto de convidados que refletirão sobre as exigências contemporâneas da noção de urbanismo. À noite, o tema é a tradição e como ela se inscreve no debate sobre as transformações sociais e culturais da atualidade, tentando compreender o contexto mais amplo em que a Fundação inscreve a sua ação. No dia seguinte, o programa prevê a discussão das formas que pode assumir o turismo criativo; do desenvolvimento humano e dos modos de implicação de equipas pluridisciplinares; das virtudes do modelo ágil na gestão do património; terminando na reflexão sobre a instituição fundacional e o seu bom governo. No terceiro dia, o foco será a integração de património diverso e a procura de um relato que sintetize as múltiplas valências da Casa de Mateus.

O Seminário dirige-se aos funcionários e colaboradores da Fundação da Casa de Mateus, bem como a representantes, convidados ou inscritos, das entidades mais relevantes para o desenvolvimento das atividades da Fundação, como é o caso do Município de Vila Real, da Universidade de Trás-os-Montes e Alto-Douro ou da Associação Portuguesa dos Jardins Históricos. As conferências e debates decorrem em Português, Espanhol e Inglês.

As discussões pautam-se por três grandes temas: a “Tradição”, o “Lugar Comum” e “como se relaciona a importância das coisas”. Estruturam-se em torno de 5 sessões temáticas: “Governança e Transparência”, “Turismo Criativo”, “Pessoas e Equipas”, “O Modelo Ágil”, “Integração de Património Diverso”, uma sessão pública sobre uma proposta de abordagem do conceito de “Lugar Comum” e Oficinas de captura de ensinamentos e de elaboração de propostas.

O Seminário termina na quarta-feira, dia 3 de Julho, ao fim da tarde.

(*)in ManuelAlvaro García de Zúñiga, Ed. blablaLab, Lisboa, 2014

 

Programa (*)

 

1 de Julho

Chegada e instalação de todos os participantes durante a tarde, entre as 15:00 e as 17:00

18:00 – 19:30 Barrão de Cereais

Boas vindas: Fernando Albuquerque, Diretor-Delegado da Fundação da Casa de Mateus

Inauguração da Exposição “Cidade | Lugar Comum” de Joaquim Moreno e Ivo Martins, seguida de Mesa-Redonda/Debate

Abertura: Presidente da Câmara Municipal de Vila Real, Eng.º Rui Santos

Moderação : Alberto Baptista (Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro) e Teresa Albuquerque (Fundação da Casa de Mateus)

Adriano de Sousa (Vereador do Município de Vila Real), Alfons Cornella (Institut of Next), Paulo Ferrão (IN+, Center for Innovation, Technology and Policy Research ), Joaquim Moreno

19:30 – 20:30  Copa

Jantar

21:00 – 22:30

Apresentações e Discussão : “Havia mais futuro no passado” – Intervenção de Joaquim Moreno, seguida de debate.

 

2 de Julho

09:30 – 13:15 Barrão de Cereais

09:30 – 10:15 Sessão 1 | Turismo Criativo

Moderação: Teresa Manfredo – DouroTur (Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro) (5 min)

Ragnar SiilDesenhando experiências – uma abordagem criativa ao percurso de visita (20 min)

Debate 15 min

 

10:30 – 11:30 Sessão 2 | Pessoas e Equipas, encontrar o algoritmo potenciador

Neste painel, vamos examinar exemplos de desenvolvimento humano e formação de equipas, tentando encontrar padrões e extrair modelos de diferentes áreas de trabalho.

Moderação:  José Luís Ferreira (5 min)

António Alvarenga  “Retrato Instantâneo do Capital Humano da Fundação da Casa de Mateus – pistas para um ponto de partida” (20 min)

Pep Verges “Personas, equipos, lideres, elementos claves en el futuro del desarollo de Recursos Humanos” (20 min)

Debate 15 min

 

11:45 – 13:00 Sessão 3 | O Modelo Ágil

Moderação: Ragnar Siil (5 min)

Alfons CornellaAgile Teams for Heritage Management (30 min)

Debate 30 min

 

13 :15 – 14:15 Copa

Almoço e apresentação do novo Roteiro de Visitas por José Luís Ferreira

14:15 – 15:15 Visita à Casa com Nuno Eira e João Neto

 

15:15 – 18:00 Barrão de Cereais

15:15- 16:15 Sessão 4 | Governança e Transparência

Moderação: Teresa Albuquerque (5 min)

Emílio Rui Vilar  – Do Bom Governo (30 min)

Ana Diogo  – Monitorização e Avaliação – potencial para o sector fundacional (20 min)

 

16:30 – 18:00 Oficina  1 | Discussão sobre as intervenções da manhã

 

18:00 – 19:30 Passeio pela Horta Jardim com Teresa Andresen, João Bicho e Jonathan Minchin

 

19:45 Lagar

Jantar-Tema | Lugar Comum – intervenção representantes de áreas de trabalho da Fundação

Agostinho Ribeiro, Armando Malheiro, Fernando Pendão, João Bicho, José Carlos Fernandes,  José Luís Ferreira,  Leonel Silva, Manuela Fernandes, Nuno Eira, Nuno Magalhães, Osvaldo Monteiro, Pedro Ginja, Ricardo BernardesTeresa Andresen

 

3 de Julho 

09:30 – 11:00 Barrão de Cereais

Sessão 5 | A Fundação Catalunya-La Pedrera | Um exemplo de integração de Património diverso

Apresentação e Moderação Alfons Cornella (5 min)

Marta Lacambra (30 min)

Debate 30 min

 

11:00 – 11:30 Passeio até à Quinta de S. João com Nuno Magalhães

 

11:30 – 12:30 Quinta de S. João

Oficina 2 |  Explorar um relato comum – 1ª Parte

Facilitadores :Alfons CornellaAntónio Alvarenga

Participantes: Arquivo – Armando Malheiro, Atendimento aos mais novos – Suzana Dionísio, Comunicação – José Luís Ferreira, Design – Fernando Pendão, Enologia – José Carlos Fernandes, Enoturismo –  Manuela Fernandes, Floresta – Pedro Ginja, Jardins – António Taveira, Jardins Históricos – Teresa Andresen, Museu – Agostinho Ribeiro, Música – Ricardo Bernardes, Marketing Turístico – Bruna Gomes, Visitas Guiadas – Nuno Eira, Horta-Jardim – João Bicho, Vinha – Nuno Magalhães

 

12:30 –13:30 Passeio de regresso ao Lagar com Pedro Ginja

 

13:30 – 14:30 Almoço no Lagar

 

14:45 – 18:45 Lagar

Oficina 2 |  Explorar um relato comum – 2ª Parte

Facilitadores :Alfons CornellaAntónio Alvarenga

Participantes: os mesmos

 

17:00-18:45 Lanche, Conclusões e Despedidas

 

 

Relatores: José Luís Ferreira, Ricardo Mingorance, João Neto, Suzana Dionísio, Ana Leandro, Bruna Gomes

 

Filmagens: Tomás Pereira e Sofia Pereira

 

 

(*) Número de vagas limitado – entradas sujeitas a inscrição para o email: cultura@casademateus.pt

 

 

 

Please follow and like us:
0