CICLO NADIR AFONSO
10 de Setembro | 18h00

A carregar Eventos

A Matemática na Obra de Nadir

Para Nadir Afonso, ‘é a proporção matemática que dá beleza à obra de arte’. Ao longo da sua longa e prolífica carreira enquanto pintor e arquiteto, muitas foram as formas que essa ligação à matemática encontrou para se expressar. Instrumento para, nas palavras do próprio, ‘elevar os valores da intuição ao raciocínio’, a Matemática impõe-se através da geometria, das formas complexas que invoca, ‘através da repetição, decomposição e multiplicação da forma elementar’, mas também através da arte cinética e, sobretudo, de um entendimento global das ‘leis’ que regem uma e outra.

Neste segundo painel do Ciclo Nadir Afonso, Elfrida Ralha, Professora da Universidade do Minho e estudiosa da obra de José Anastácio da Cunha, Aníbal Ferreira, Professor da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e investigador no INESC-TEC, e João Cabeleira, Arquitecto e Professor na Escola de Arquitectura da Universidade do Minho, oferecem-nos uma perspectiva alargada sobre as ‘ligações entre Natureza, Matemática e Beleza, a fim de destacar a mestria e sensibilidade científica de Nadir em intuí-las e projetá-las na sua Arte singular’.

O Ciclo Nadir Afonso toma como objeto de partida a exposição Movimento Perpétuo | Tapeçarias e Serigrafias de Nadir Afonso, que pode ser vista na Fundação da Casa de Mateus entre 30 de Julho e 30 de Setembro de 2022. Neste programa, as duas Fundações juntam as suas vocações territoriais, patrimoniais e de difusão da arte contemporânea para nos dar o prazer de ver  e pensar Nadir Afonso – multiplicado, desde logo, nas magníficas tapeçarias que desenhou para a Fábrica de Tapeçarias de Portalegre e nas mais de três dezenas de serigrafias expostas, mas também na integralidade e profundidade do seu pensamento estético e da sua relação com outras artes, ciências e formas de conhecimento.

CICLO NADIR AFONSO

3 de Setembro: Nadir, Pintor e Arquiteto

17 de Setembro: A Teoria Estética de Nadir